quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Melanie Halow - Man Candy




Ele voltou. 

Não apenas de volta à cidade, mas morando no apartamento bem abaixo do meu. E ele parece ser bom o suficiente para comer, o que é apenas mais uma razão para ficar longe dele. 

Mas não consigo resistir. 

O sexo é incrível (com certeza que agachamos a casa logo após a fundação), mas ele não pode me enganar, não desta vez. Um diploma em marketing e cinco anos em publicidade me ensinaram que o "verdadeiro amor" é um conto de fadas usado para vender batom, diamantes e perfumes. Não existe. 

Ele acha que eu estou errado e ele quer provar isso. 

Eu acho que ele é louco, então eu o desafio em tentar. 

Pode ser o maior erro da minha vida. 

Minha Opinião:

O Quinn é um fofo, gostoso e tudo de bom.
A Jaime é um pouco confusa, embora eu tenha visto opiniões sobre ela ser muito chata, eu me identifiquei muito com ela, confesso.
Ela tem medo de se arriscar a sofrer, mas ela tem mais medo ainda de ficar velha, sozinha e sem amigos. Baseando-se em um fora que levou na adolescência, justamente de Quinn, e depois de alguns relacionamento fracassados ela decide que não acredita e nem dará mais nenhuma chance ao amor.
Quinn está cansado da vida de modelo, sem destino certo, sem nunca ter um lar, depois da morte de sua mãe ele decide voltar para Cali e pesar no que realmente quer para o futuro.
Quinn teve uma queda pela Jaime na adolescência, mas ela era muito nova e a irmã de seu melhor amigo, para que ele pudesse tentar qualquer coisa.

Nota 3.


Lauren Blakelly - Well Hung



Aqui está o que você precisa saber sobre mim - eu sou bem sucedido, bem dotado e rápido com uma piada. Mulheres gostam de um cara que as faça rir - e não me refiro ao tamanho do pau dele. Não, elas querem alguém engraçado com um rosto de sucesso... sem mencionar leal. Eu tenho tudo isso, além de uma grande conta bancária, graças à expansão da minha empresa de construção. Sim. Eu sei como usar todas as minhas ferramentas. 

Entra Natalie. Gostosa, sexy, inteligente e minha nova assistente. O que a torna totalmente fora dos limites... ei, eu sou um bom rapaz. Sério. Eu faço o meu melhor para ficar longe desse tipo de tentação que ela traz para o trabalho. 
Até uma noite em Vegas... sim, você já ouviu essa antes. Más notícias nos negócios, afogamos nossas tristezas em muito Harvey Wallbangers , e então, eu estou transando com ela. No meu quarto de hotel. No quarto de hotel dela. Atrás da máquina caça-níqueis Titanic no Flamingo (não pergunte). E antes que eu possa fazê-la dizer ‘Oh Deus bem aí, SIM!’ mais uma vez, nós dois estamos dizendo sim - o grande sim - em uma capela de beira de estrada, na frente de um cara com costeletas postiças e em um leisure suit  dourado brilhante. 
Mas acabou que o que aconteceu em Vegas não ficou em Vegas. E agora o meu pau não fica em minhas calças quando ela está por perto. Eu tento resistir. Honestamente. Mas quanto mais nós tentamos manter nossas mãos para nós mesmos, mais acabamos nus novamente, e mais tempo eu quero passar com ela completamente vestida também. 
A questão agora é... eu aceito esta mulher como a minha ex esposa?

Minha Opinião:

Ele tem uma empresa de construção e Natalie é sua secretaria e braço direito, é ela quem faz com que tudo funcione perfeitamente, eles tem uma dinâmica perfeita e ainda conseguem ser amigos.
Acontece que Wyatt foi traído por algumas mulheres em seu passado e quase levaram sua empresa a falência, agora o que ele pretende é manter distância da mulheres a não ser que sejam apenas encontros casuais.
Natalie precisa juntar dinheiro, para fazer suas tão sonhadas aulas de defesa pessoal online, por isso ela gerencia o trabalho no escritório com suas aulas na academia, onde pretende gravar suas videoaulas.
Natalie é apaixonada por Wyatt, mas ela sabe que ele já passou por mals bocados e ela é totalmente compreensiva, por ele se manter afastado de relacionamentos.

O que eles não esperavam era que em uma viajem a Las Vegas para um projetos eles teriam uma noite de bebedeira e acordariam casados.

Essa história tem todos os ingredientes que eu gosto nos romances, mas eu não consegui torcer por esse casal.

Nota 2.

Laurann Dohner - Moon - [Série: Novas Espécies] - {Livro 10}



Dra. Joyce Yards nunca conheceu ninguém tão sexy ou tão irresistível quanto 466. Ele se recusa discutir sobre qualquer coisa exceto deixá-la nua debaixo dele. Suas sessões de terapia estão cada vez mais quentes, sua fome sexual crua está ficando agressiva, e ela está se apaixonando por ele. Joy entende as consequências terríveis se ceder à essa paixão. Partirá seu coração, mas ela deverá ir embora. Moon foi drogado, sua memória despedaçada e agora ele está um pouco mais que selvagem e é uma ameaça perigosa para todos. Pela necessidade de ajuda os médicos do ONE recorreram a única fêmea com quem Moon já se importou — a pessoa que o deixou para trás há dois anos. Moon não é o mesmo macho que Joy conheceu, mas está disposta a colocar sua vida em perigo por ele. Não há nenhuma regra agora. Se sexo domina a fera selvagem e desencadeia suas memórias fragmentadas, permitindo-lhe momentos de lucidez, então Joy lhe dará tudo, corpo e alma. Ela fará o que for preciso para salvá-lo — até ao custo de sua vida.

Minha Opinião:

Moon é o NE que mais se adaptou ao mundo depois que a Mercille foi descoberta, ele aparece em quase todos os outros livros da série e sempre tinha um bom conselho para aqueles que não se adaptavam tão bem assim como aconteceu no livro 08: Obsidian.
Foi muito triste vê-lo sofrendo tanto sob essa nova droga que o atingiu no confronto do final do livro 09.
Joy foi a primeira psicóloga a lidar com os Novas Espécies, ela conheceu Moon, a atração entre ele foi crescendo em cada encontro que eles precisavam ter, até que ela percebe que não pode aguentar e precisa abandoná-lo, para eles não tenham maiores problemas.
Moon acredita que Joy o abandonou, por ele ser um nova espécie, e ele não quer se aproximar de uma humana novamente, muito menos aquela que o abandonou.
Um dos meus NE´s favorito, eu estava ansiosa pela história de Moon, achei que poderia ter desenvolvido mais a emoções e deixado o sexo um pouco de lado, pois foi extremamente explorado, ainda que a série seja muito erótica, eu preferia ter visto um pouco mais de emoção entre eles.

Nota 4.

domingo, 15 de outubro de 2017

Victoria Pade - A Segunda Mulher




Fugindo da polícia, Glenna Ashe agarrou-se à chance que surgiu inesperadamente: um inusitado anúncio de jornal, um homem procurando uma esposa para ir morar no Kansas. Era a resposta às suas preces. Mas, ao deparar com o viúvo amargurado e sarcástico, achou que as paredes frias de uma prisão seriam mais acolhedoras que a indiferença daquele estranho.


Jared Stratton precisava de alguém para cuidar do filho pequeno, da casa e dividir a cama com ele. Uma criatura humilde, desprovida de vontade própria.


Sem alternativa, Glenna resolveu fingir... no começo. Haveria tempo para subverter a situação e mostrar o que ela queria. E a lutar ela estava acostumada! 

Minha Opinião:

Glenna Ashe é uma jovem, fugindo do ex padastro, agressivo e assassino, a jovem não tem como se manter sozinha, e ainda tem uma irmãzinha deficiente visual.
Glenna resolve responder a um anúncio de jornal, pois é sua única saída.
Jared precisa se casar novamente, pois a vida na fazenda não é fácil ele precisa de alguém para cuidar de seu filho pequeno. Ele só não esperava que tantas mulheres incovenientes respondessem a seu anúncio, até que surge a impetuosa srta. Ashe.
A vida na fazenda não é nada fácil e Jared acredita que Glenna não aguentará e o abandonará como sua primeira esposa.
Glenna não sabe nada sobre as tarefas de uma mulher na fazenda, mas ela está disposta a aprender e fazer a fazenda habitável para sua pequena irmã.

Eu gosto como as mulher de romances históricos, são fortes e decididas, mesmo que fossem obedientes aos maridos, elas ainda os contestavam sem medo.
Eu amei a Glenna ela é Batalhadora, esforçada.

Nota 4.

K. Webster - Schooled by a Senior



Aut Banks é um brilhante badboy.
Sra. Macmillan é uma professora substituta.
Quando são forçados a trabalhar juntos, a tenssão sexual entre eles é explosiva.
A professora conseguirá permanecer profissional ou receberá uma lição sobre sexo desse menino indecente que mal cabe na sua mesa?

Minha Opinião:

Depois de Little dolls e Wild eu achei que nunca me arrependeria de pegar um livro dá Ker Duckey, mas eu me enganei. Ou talvez eu tenha ido com muita sede ao pote por assim dizer, mas o fato é que Schooled by a Senior não me agradou.
Eu esperava uma mulher forte e decida, que se apaixonar por um cara mais novo e ainda mais seu aluno e que decidisse enfrentar tudo para viver esse amor. Mas infelizmente não é isso que acontece. Nem mesmo perto disso.
Vemos mais um homem arrogante e que sabe seu lugar no mundo mesmo que ainda esteja na escola. E uma mulher completamente subjugada tentando ser uma professora substituta, sendo ajudada por um aluno que é melhor do que a própria professora.
Enfim, nada como vemos nos livros de professor e aluna.

Nota 1